"Nestas impressões sem nexo, nem desejo de nexo, narro indiferentemente a minha autobiografia em factos, a minha história sem vida. São as minhas confissões, e, se nelas nada digo, é que nada tenho que dizer." [livro do desassossego. fernando pessoa]

domingo, 18 de outubro de 2009

.ontem, HOJE e amanhã.... [hããã?].

"this freedom is wasted on me"

assim disse a música. e eu concordei.
pq tenho essa mania de achar coisas MINHAS nas obras ALHEIAS.

acho q todos fazem isso.

tentar se encaixar em algum tipo de contexto, assim quem sabe essa solidão fica menos pungente.

nao?

:::

a falta de graça das coisas não é real.
entende?
eu que não consigo ver.
e eu sei.

é como se eu tivesse me proibido de aproveitar as coisas que estão acontecendo, como se precisasse o tempo todo me preocupar com algo.
e fico cavando problemas.. pseudo-problemas.. problemas que não existem..
porque quando eu decido "agora vou sentar aqui e descobrir uma solução e parar de reclamar"
percebo que não tem nada lá.

é estranho pq a sensação ruim continua.
[não sei explicar mto bem]

e aí vejo a maioria das pessoas não tendo problema nenhum em aproveitar os momentos que lhes são proporcionados e sendo felizes qdo podem..
e me irrito com elas.

pq tenho inveja.

:::

não sei o q quero.

tenho essa sensação de q o eu acho q eu quero entra em conflito com o eu posso ter e com o q os outros esperam q eu tenha.
entende?
:P

não sei não sei não sei.

:::

viva o HOJE todos dizem.
.e parece ser um sábio conselho


mas
mas
mas
mas

faltei nessa aula eu acho.

hm

viver o q alias?!