"Nestas impressões sem nexo, nem desejo de nexo, narro indiferentemente a minha autobiografia em factos, a minha história sem vida. São as minhas confissões, e, se nelas nada digo, é que nada tenho que dizer." [livro do desassossego. fernando pessoa]

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

.estica o caminho quem manda no chão.


Cadê aquele homem que dizia fazer pipas, venerando uma viagem onde toca as estrelas?

E quanto mais a gente brinca,
mais depressa o tempo passa.
Imperam as luzes e o silêncio,
guardo tudo numa caixa.

Vôo leve.

Meu corpo solto.

Não sinto a febre.

Eu não sinto a febre, não sinto mais nada, não sinto meu corpo, não sei quem eu sou.

E vou de volta a nova casa.
Queria poder estar lá.

Descalço traz a flor pra cá...
(F)
[hierofantepúrpura] [ <-o baterista dessa aki q tava usando a camiseta q eu falei]

:::

Eu Sou

Já que fui ontem
Estarei no amanhã
Brincando de outra pessoa
Invadindo outro mundo

Eu Vou

(: