"Nestas impressões sem nexo, nem desejo de nexo, narro indiferentemente a minha autobiografia em factos, a minha história sem vida. São as minhas confissões, e, se nelas nada digo, é que nada tenho que dizer." [livro do desassossego. fernando pessoa]

segunda-feira, 2 de novembro de 2009



"Eu não tenho tempo pra falar teu nome
Eu não tenho nome pra você dizer
Meu café jamais vai matar sua fome
Nada que tu traga vai me apetecer"


:::


curti essa musica.
dessas de ficar cantando assim nonada..
(=

essa moça ai eh boa.

:::

e esse começo me lembrou essa coisa toda de desapego q to vivendo.
seila.
não q eu goste, mas sabe qdo vc parece ficar se escolhas?

:::

efimdopost.