"Nestas impressões sem nexo, nem desejo de nexo, narro indiferentemente a minha autobiografia em factos, a minha história sem vida. São as minhas confissões, e, se nelas nada digo, é que nada tenho que dizer." [livro do desassossego. fernando pessoa]

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

.yeah yeah.

Na música que eu fiz pra te chocar você sorri
Quando eu digo "tudo bem", acho que entendi

Devo me assustar quando você sair de si?

E eu devo te evitar
Com medo de te sufocar
Quando você me mandar
"Você tem que me..."

Me diz
Você quer gozar de mim?
Não diz
Sou eu quem quer ouvir o fim

Você deixa que eu te amarre
Minha boca pra que eu narre
Me promete que não morde
Nem sussurre, só concorde
Enforcada com a gravata
No carpete da tua sala
Sua boca me assusta, seu sorriso me assusta


[ecosfalsos]

:::

.nessa vida já aprendi que se tem algo que eu quero mto, eu não consigo ter.
>.<

vamos ouvir musica até desmaiar então o/