"Nestas impressões sem nexo, nem desejo de nexo, narro indiferentemente a minha autobiografia em factos, a minha história sem vida. São as minhas confissões, e, se nelas nada digo, é que nada tenho que dizer." [livro do desassossego. fernando pessoa]

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

COISAS.

não deveria fazer o que eu faço

passar o que eu passo

beber o que eu bebo


não deveria dizer o que eu digo

~
Coisas que eu faço sabendo que

Eu posso morrer

Coisas que eu faço na hora em que

Eu penso em você

~

Não saberia dizer o que eu quero

Quem eu espero,em quem acredito

Não saberia dizer o que vejo

Quando eu desejava era ter destruído

[matanza.\m/]

:::

Nenhum comentário: